Stock Pickers

11 motivos para prestar atenção no que acontece com a prata

Estrategista internacional da XP, Guilherme Giserman explica por que todos estão de olho na prata.

arrow_forwardMais sobre
Silver
(alexis84/ Getty Images)
Aprenda a investir na bolsa

Guilherme Giserman é o colunista convidado desta semana. 

Você sabia que toda a prata extraída por ano no mundo caberia quase inteiramente em uma piscina? Esse é apenas um dos motivos que faz da prata uma commodity relevante no mercado financeiro hoje, e para a qual muitos investidores têm voltado os olhos. Abaixo listamos 13 motivos pelos quais você deveria prestar atenção ao que acontece com a prata:

1. Atualmente a produção de prata está em 27 mil toneladas/ano (em uma piscina olímpica, cabem 25 mil toneladas);

2. Toda a prata já extraída na história da humanidade caberia em 70 piscinas;

3. Apenas 25% da prata extraída de minas é proveniente de produção primária, sendo mais de 60% um subproduto da extração do cobre, zinco e chumbo;

4. Uma desaceleração econômica que resultar numa demanda menor por outros metais afeta diretamente a extração da prata, reduzindo sua oferta no mercado. Menos oferta = maior preço;

Quer receber a Newsletter do Stock Pickers? Preencha o campo abaixo com seu nome e seu melhor email

5. Estima-se que o esgotamento das reservas (560 mil toneladas) aconteça em aproximadamente 20 anos, caso não sejam encontradas novas fontes; 

6. Diferentemente do ouro, que é basicamente uma reserva de valor global, mais de 50% da demanda por prata nos últimos 5 anos foi gerada pela indústria, enquanto este número é de apenas 10% a 15% para o metal dourado. Usada para fabricar seu celular, bem como seu micro-ondas: A prata é encontrada em praticamente todos os aparelhos eletrônicos existentes e Mais de 60% do consumo industrial é gerado pelos produtos eletrônicos;

7. Ela é usada na geração de energia limpa e renovável: 10% da prata consumida vai para painéis fotovoltaicos, uma demanda 80% maior que 5 anos atrás. Banco Central Europeu colocou a “agenda verde” no centro de seus comprometimentos e promete aportar € 1trilhão em investimentos sustentáveis para atingir neutralidade climática em 2050;

8. Na medicina, tem ação antibiótica e é usada para confeccionar tubos de respiradores com menor possibilidade de causar infecções nos pacientes quando estão em ventilação;

9. O preço da commodity, apesar da recente recuperação, não está em nível historicamente alto, e, quando colocado no relativo contra o ouro, aparenta ser ainda mais atrativo;

10. Adicionalmente, há um oceano de quase US$ 16 trilhões em ativos rendendo juros negativos no mundo e foram impressos US$ 20 trilhões de estímulos ao redor do planeta. Isso pode gerar inflacão e desvalorização de moedas. E metais preciosos são proteção nesses cenários.

11. 23% da prata no mundo é utilizada como forma de investimento/proteção de valor.

Em suma, os juros baixos no mundo, somados a um ecossistema com mais celularesvideogames semicondutores, com constantes desenvolvimentos em medicina, além de uma agenda ambiental com energia solar formam um cenário muito construtivo para os investimentos em prata.