Sinal de alerta

Zavascki já havia avisado “que pior estava por vir” e reforça tom grave sobre Lava Jato

O ministro define o ex-diretor da Petrobras como um homem que "sabe muito" e é um dos poucos no país que têm pleno conhecimento do conteúdo, aparentemente explosivo, informa a Folha

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato, avisou aos seus colegas na noite da terça-feira (24) que autorizaria a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). Segundo informa a colunista Monica Bergamo, da Folha, ele tentava obter apoio antecipado para medida considerada excepcional e extrema. 

Alguns ministros como Celso de Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Cármen Lúcia resistiram à medida, mas os fatos apresentados eram tão “chocantes”, nas palavras de um dos magistrados, que todos concordaram que a prisão era inevitável.

Vale ressaltar que o Teori Zavascki já dizia que “o pior ainda está por ser revelado” e continua adotando o mesmo tom grave em relação à Operação Lava Jato. 

Aprenda a investir na bolsa

 Os avisos alarmistas incluem a delação premiada do ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, que Zavascki homologou há alguns dias. O ministro define o ex-diretor da Petrobras como um homem que “sabe muito” e é um dos poucos no país que têm pleno conhecimento do conteúdo, aparentemente explosivo, informa a colunista. 


É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações

PUBLICIDADE