Reação do mercado

XP Gestão: IPCA atrapalha reação ao impeachment; questão sobre dívida dos estados é ruim

Segundo Bruno Marques, a questão sobre a dívida dos estados é ruim pois dá uma sinalização de fraqueza do governo, que voltou atrás de um ponto que o Meirelles dizia ser inegociável que é o reajuste dos servidores

(Bloomberg) — IPCA está atrapalhando reação dos ativos ao impeachment e a exterior. O consenso entre os top 5 da Focus era 0,40% e dado está incomodando, diz Bruno Marques, gestor macro do fundo multimercado XP Macro, em entrevista. A seguir os principais comentários da entrevista:

  • “Ambiente global é sensacional e deve ser mais relevante. Pode ser que para hoje não. Mas tende a influenciar mais”
  • Questão sobre dívida dos estados é ruim
    • “Dá uma sinalização de fraqueza do governo, que voltou atrás de um ponto que o Meirelles dizia ser inegociável que é o reajuste dos servidores”
    • “Mas não é teste efetivo do poder de negociação do governo, pois só saberemos do poder real após o impeachment. Até lá o governo deve ser passível de fazer concessões”
  • Placar do impeachment foi bom, ficou em linha
  • NOTA: IBGE: IPCA sobe 0,52% em julho; est. 0,45%
  • NOTA: Com 59 votos, Senado torna Dilma ré em impeachment
  • NOTA: Na Câmara, governo cede e Casa aprova renegociação das dívidas de estados
    • Governo aceitou a retirada do texto da previsão de congelamento dos salários dos servidores públicos estaduais por 2 anos, um dos pontos mais polêmicos da proposta

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.