Comentário diário

William Waack: uma dúvida ainda pior do que “quem será o próximo presidente” aflige o mercado

Confira o último vídeo publicado por William Waack

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O que tem de “componente nacional” nessa subida do dólar se outras divisas de países emergentes foram afetadas? A questão política, destaca William Waack. 

Segundo ele, um cálculo político finalmente passou a se feito pelos agentes de mercado, levando a um aumento da percepção de risco dos investidores. 

A grande dúvida agora não é nem mais sobre o candidato eleito e qual plataforma ele terá, afirma, e sim uma dúvida ainda pior: como ele irá governar. Afinal, ainda vale a máxima que “o presidente não governa sem o Congresso” e há uma expectativa de que bancadas médias de diversos partidos sejam eleitos e não mais bancadas grandes de alguns. Isso aumenta o componente da imprevisibilidade – o que não agrada nem um pouco o mercado. 

PUBLICIDADE

Confira o vídeo: