Comentário diário

William Waack: três perguntas que precisam ser respondidas para saber quem vai para o 2º turno

Muitas questões no ar dão uma indicação: entramos na fase final das eleições com muito mais dúvidas do que certezas

SÃO PAULO – Na reta final para o primeiro turno e faltando apenas 40 dias para as eleições, há três questões que ainda precisam ser respondidas sobre o pleito de 2018, aponta William Waack em seu comentário diário. 

A primeira delas é sobre como se dará o embate entre os meios de tradicionais de informação – como a televisão e rádio – e a internet. Sobre o assunto, Waack acredita que não haverá a predominância de uma sobre a outra. 

PUBLICIDADE

Em segundo lugar, o candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin, com o uso dos instrumentos antigos ao ter um enorme tempo de televisão, decola nas pesquisas? Por enquanto, ele não consegue ir para os dois dígitos nas pesquisas de intenção de voto. “[Mas] ele tem força, não se pode ignorar isso”. 

Em terceiro lugar, Lula transfere quantos milhões de votos para o seu “substituto” (provavelmente o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad)? 

“Nós vamos para a fase final dessa decisão de primeiro turno com muito mais dúvidas do que certezas”, conclui Waack. 

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear