AO VIVO Radar InfoMoney: Bancos disparam na Bolsa com dados de crédito e HSBC saltando no exterior; assista ao programa desta segunda

Radar InfoMoney: Bancos disparam na Bolsa com dados de crédito e HSBC saltando no exterior; assista ao programa desta segunda

William Dudley deve substituir Geithner como presidente do Fed de NY

Ex-economista chefe do Goldman Sachs seria o escolhido para vaga deixada pelo recém-nomeado Secretário do Tesouro

SÃO PAULO – A aprovação de Timothy Geithner para a Secretaria do Tesouro norte-americano deixou aberto o posto de presidente do Fed de Nova York. Entretanto, o nome do novo ocupante do cargo já está escolhido, segundo fonte da CNBC.

É de William Dudley, chefe do grupo de mercados da unidade do Fed de Nova York, a responsabilidade de substituir Geithner na tarefa de empreender esforços no combate à crise e estimular a economia dos EUA, que dá sinais claros de recessão.

Dudley desempenhou papel de destaque nas formulações de políticas da autoridade monetária norte-americana para responder à crise financeira e incentivar o crédito, além de ter gerido a conta responsável pela execução da política de juros dos EUA através de operações nos mercados monetário e de títulos.

Currículo

PUBLICIDADE

Phd em Economia pela Universidade da Califórnia, foi no começo dos anos 1980 que William Dudley começou sua carreira no Conselho do Fed. Ele também integrou a equipe do JPMorgan, como responsável por análise regulatória, e a do Goldman Sachs, onde trabalhou como economista-chefe por dez anos.

Ao assumir a presidência do Fed regional de Nova York, Dudley terá voto permanente no painel, que considerará suas próximas medidas ainda nesta semana.