Reação

“Vou sair dessa crise mais rápido do que se pensa’, diz Temer a colunista

Temer diz que ficou "profundamente agastado com o episódio. Isso é uma irresponsabilidade, não se pode tratar o país desse jeito"

SÃO PAULO – Após pronunciamento e a divulgação dos áudios da conversa com Joesley Batista, da JBS, o presidente Michel Temer conversou com o colunista Gerson Camarotti, do portal G1. Entre outras coisas, o peemedebista diz que os áudios comprovam que ele não comprou o silêncio de ninguém.

“Essa é a tese que alicerça esse inquérito, de que eu avalizei a compra do silêncio do Eduardo Cunha. O que alicerça esse inquérito é que ele teria dito que eu teria concordado com a compra do silêncio, o que não existe”, disse o presidente.

Temer diz que ficou “profundamente agastado com o episódio. Isso é uma irresponsabilidade, não se pode tratar o país desse jeito”. Além disso, o presidente afirma que “todos estão pedindo para eu resistir”. “Se precisar, vou fazer outro pronunciamento amanhã. Vou sair dessa crise mais rápido do que se pensa”, afirma.

PUBLICIDADE