AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CFO da Iguatemi fala sobre os números da empresa e o futuro dos shoppings; assista

Por Dentro dos Resultados: CFO da Iguatemi fala sobre os números da empresa e o futuro dos shoppings; assista

Votação de parecer sobre projeto da Petro-Sal é adiada para próxima semana

Decisão se deu após pedido de vista dos deputados Alfredo Kaefer e Felipe Bornier; proposta original recebeu 106 emendas

SÃO PAULO – Após pedido de vista conjunto dos deputados Alfredo Kaefer (PSDB-PR) e Felipe Bornier (PHS-RJ), ficou adiada para a próxima semana a votação da criação da Petro-Sal, empresa que deverá gerenciar a exploração de petróleo e gás natural na camada pré-sal.

Nesta terça-feira (27), a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a criação da nova empresa ouviu o relatório final produzido pelo deputado Luiz Fernando Faria (PP-MG). O relator é favorável à criação da Petro-Sal por entender que a exploração deve ser gerida por uma empresa 100% estatal, o que não é o caso da Petrobras (PETR4).

Para Faria, o pedido de vista não atrapalha o andamento dos trabalhos. “O pedido de vista é regimental e já havia sido previsto por nós. Portanto, o adiamento da votação por duas sessões do plenário está dentro do nosso cronograma de trabalho. Eu acredito que faremos a votação já na semana que vem.”, declarou o deputado do PP, que acredita que não haverá divergências quanto à necessidade da criação da empresa.

PUBLICIDADE

A proposta original já recebeu 106 emendas, das quais quatro foram acatadas por Faria, que acrescentou mais uma dele próprio.