Questionado sobre cheque

“Vontade de encher tua boca de porrada”, diz Bolsonaro a repórter

Presidente foi questionado sobre depósitos em conta de Michelle

Jair Bolsonaro
(Foto: Alan Santos/PR)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO, 23 AGO (ANSA) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (23) a um jornalista que estava com vontade de “encher” a boca dele de “porrada”.

A declaração foi dada após o líder brasileiro ser questionado por um repórter do jornal “O Globo” sobre o suposto envolvimento da primeira-dama Michelle Bolsonaro em um esquema de pagamento ilícito.

“Vontade de encher tua boca de porrada”, disse Bolsonaro, ao responder uma pergunta sobre os depósitos feitos por Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, na conta de sua esposa.

Aprenda a investir na bolsa

O episódio ocorreu quando o presidente estava em frente à Catedral Metropolitana de Brasília. Logo depois da fala, outros jornalistas o questionaram sobre a ameaça, mas ele saiu sem comentar mais nada.

Em nota, o jornal O Globo repudiou a atitude do mandatário e disse que “tal intimidação mostra que Jair Bolsonaro desconsidera o dever de qualquer servidor público, não importa o cargo, de prestar contas à população”.

No último dia 7 de agosto, a revista Crusoé divulgou que a quebra de sigilo bancário de Queiroz mostrou que foram repassados 21 cheques entre 2011 e 2016, totalizando R$ 72 mil, para Michelle. Além disso, a mulher do ex-assessor, Márcia Aguiar, depositou R$ 17 mil para a mesma conta em 2011, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”.

O detalhamento dos depósitos foi anexado ao inquérito sobre o suposto esquema de rachadinha envolvendo o gabinete de Flávio.

Queiroz e o filho do presidente são investigados por suposta participação em um esquema para desviar salários de funcionários.

Em 2018, quando o caso veio à tona, foi divulgado um repasse inicial de R$24 mil de Queiroz para a primeira-dama. Bolsonaro, por sua vez, justificou o depósito afirmando que dizia respeito ao pagamento de uma dívida de R$ 40 mil. (ANSA)

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

PUBLICIDADE