Encontro nos EUA

“Você é o líder da revolução” liberal no Brasil, diz Paulo Guedes a Olavo de Carvalho em jantar

Encontro aconteceu durante jantar com o presidente Jair Bolsonaro na residência do embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sergio Amaral

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Jair Bolsonaro embarcou no último domingo (17) para os Estados Unidos e, logo no primeiro dia, teve um jantar com o embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sergio Amaral.

Na mesa, estavam os ministros da Justiça Sérgio Moro, o chanceler Ernesto Araújo e o ministro da Economia Paulo Guedes, além do polêmico escritor Olavo de Carvalho e de Steve Bannon, ex-estrategista e ex-aliado de Trump. As informações são dos jornais O Globo e O Estado de S. Paulo. 

Aliás, Olavo de Carvalho roubou a cena no jantar. Bolsonaro pediu um brinde em homenagem ao mentor ideológico da família do presidente e de diversos integrantes do governo. Enquanto isso, Guedes o classificou como “líder da revolução” liberal no Brasil.

Aprenda a investir na bolsa

“Você é o líder da revolução”, afirmou o ministro da Economia ao atribuir a Carvalho um importante papel para a divulgação de ideias liberais para os brasileiros.

Vale destacar que Carvalho teceu, antes do jantar, algumas críticas ao governo. Ele chamou o vice-presidente, Hamilton Mourão, de “idiota” e disse que, se o governo continuar assim, não dura seis meses.

Aliás, Guedes enviou explicações a jornalistas sobre a sua fala citando justamente a afirmação de Carvalho de que o governo poderia não durar muito tempo. 

“No voo para Washington ouvi que Olavo de Carvalho teria dito que o governo Bolsonaro poderia acabar em meses. Como o Olavo sempre havia apoiado o presidente, perguntei por que o líder dispara contra a revolução que inspirou. Esse foi o contexto, em que reafirmei minha convicção de que nossa democracia está mais sólida do que nunca por abranger agora todo o espectro de participação política com a emergência da aliança de centro direita entre conservadores e liberais”, destacou Guedes, segundo informa o portal Poder360. 

Agenda de Bolsonaro nos EUA

Em Washington (EUA), o presidente Jair Bolsonaro tem reuniões hoje com o ex-secretário do Tesouro norte-americano Henry “Hank” Paulson, participa de cerimônia de assinatura de atos e janta com executivos do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos. É a primeira viagem internacional com caráter bilateral. Antes, o presidente foi a Davos, na Suíça, para o Forum Econômico Mundial.

Às 15h30, Bolsonaro se reúne com Henry “Hank” Paulson. No final da tarde, participa da cerimônia de assinatura de atos. As atenções estão voltadas para o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre o Brasil e os Estados Unidos.

PUBLICIDADE

A medida permitirá o uso comercial da Base de Lançamentos Aeroespaciais de Alcântara (MA). Estima-se que, em todo o mundo, exista uma média de 42 lançamentos comerciais de satélites por ano.

Amanhã (19) está previsto o encontro de Bolsonaro com o presidente Donald Trump. Haverá uma declaração à imprensa no Rose Garden. Em seguida, ele irá ao cemitério de Arlington.

Bolsonaro deve chegar a Brasília na quarta-feira (20). Em seguida, no dia 21, irá para o Chile onde participa da Cúpula do Prosur, grupo que se destina a implementar medidas de interesse dos países da América do Sul.

Invista melhor o seu dinheiro: abra uma conta GRATUITA na XP.

(Com Agência Brasil)