Vice-governador do RS aparece em vídeo denunciando Yeda Crusius

Paulo Feijó denunciou suposto desvio de verba da campanha; governadora deve entrar com ação indenizatória

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Foi apresentado na última quinta-feita (1) vídeo em que o vice-governador do Rio Grande do Sul, Paulo Feijó (DEM), acusa Yeda Crusius (PSDB) de desviar verba da campanha de 2006. O marido da tucana teria desviado dinheiro para fazer caixa dois.

O vídeo foi usado na sessão da CPI da Corrupção pelos deputados do PT, que fazem oposição à governadora. O vice-governador aparece dizendo que um doador entregou dinheiro a Carlos Crusius, que posteriormente teria sido desviado da campanha para fazer “poupança”.

Yeda deve recorrer

Segundo o jornal Zero Hora, a governadora entrará com uma ação indenizatória por danos morais. A rixa entre os dois já dura três anos, e Feijó atribui o rompimento à tentativa da candidata de fazê-lo renunciar da candidatura a vice, em 2006, quando os dois passaram ao segundo turno das eleições.

Aprenda a investir na bolsa

Além das acusações de desvio de verbas da eleição, pesam sobre a governadora denúncias de fraude no Detran e um pedido de impeachment feito pelo Fórum dos Servidores Públicos Estaduais (FSPE) no dia 9 de julho, que foi acatado para análise de uma comissão especial.