Vendas nos supermercados japoneses têm queda pelo 12º ano consecutivo

No ano fiscal de 2008, as vendas caíram 1,7% em relação ao período anterior. Vestuário teve queda mais intensa

SÃO PAULO – As vendas nos mercados japoneses registraram queda de 1,7% no ano fiscal de 2008, que terminou em 31 de março, na comparação com o período anterior. Esse foi o 12º ano consecutivo de queda, de acordo com informações divulgadas pela associação do setor.

No ano, as vendas totalizaram ¥ 13,17 trilhões, o pior resultado desde 1989, quando o valor das vendas também ficou em ¥ 13,17 trilhões. No mês, as vendas caíram 4%, na comparação com março de 2008.

Segmentos

Entre os diversos segmentos de produtos vendidos em supermercados, a queda foi pior para vestuário, cujas vendas caíram 9% em relação ao ano fiscal de 2007. Os produtos para casa e decoração também tiveram forte queda, de 3,9%.

PUBLICIDADE

Já as vendas de alimentos tiveram uma redução menos intensa, de 0,5% na mesma base de comparação. Segundo a associação, entre os motivos para isso estão os descontos feitos em alimentos durante o período, e a diminuição dos gastos pelos consumidores que cortaram as compras de vestuário e outros produtos considerados menos essenciais.