IBOPE

Varejo e comércio são os setores que mais investem em comercias na TV aberta

Representando 44% do volume de novas veiculações, setores foram os o que mais movimentaram o mercado de comerciais no primeiro semestre

SÃO PAULO – Varejistas e comerciantes foram os que mais movimentaram o mercado de comerciais na TV aberta em São Paulo no primeiro semestre deste ano. Segundo o IBOPE Media, esse setor representou 44% do volume de novas veiculações, seguidos pelos de cultura, lazer, esporte e turismo, com 9%, e serviços ao consumidor, 8%.

Outros setores
No total, mais de 1 mil novos comerciais foram lançados por mês. No mercado de bens de consumo duráveis, o destaque foi para o setor de veículos, peças e acessórios, no qual a categoria “varejo montadora” é responsável pelo maior volume de novas veiculações, com 61% do total, impulsionada pelos feirões e redução do IPI. Anunciantes como Volkswagen, Fiat e GM representam 60% dessas novas propagandas comerciais.

Já no setor de mercados financeiros e seguros, a categoria de títulos de capitalização e previdência representa 48% do setor, seguida pela categoria institucional mercado financeiro, com 21%.

PUBLICIDADE

Dentro do setor de higiene pessoal e beleza, mais da metade dos anúncios novos vieram das categorias de higiente e beleza capilar, colônia e perfumes, higiene bucal e desodorantes. Unilever, Avon e O Boticário foram os maiores anunciantes.

Em serviços de telecomunicações, 50% dos novos comerciais são da categoria de telefonia fixa física, como Net, SKY e Telefônica.