Alerta de Renan

“Vão acabar decretando a prisão dele”, disse Renan sobre Cunha, segundo O Globo

Presidente do Senado fez alerta em conversa por telefone presenciada pelo jornal sobre as manobras de Cunha para protelar o processo contra ele no Conselho de Ética

SÃO PAULO – De acordo com informações do jornal O Globo, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), fez um alerta sobre as manobras do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para adiar o processo no Conselho de Ética que pode levar à cassação do parlamentar.

A influência dele (Cunha) na comissão vem desde lá de trás. Mas, se ele continuar destituindo relator, trocando líder, manobrando com minorias, vão acabar decretando a prisão dele”, afirmou Renan por telefone.

O Globo afirmou ter presenciado a conversa de Renan, ouvida por volta das 22h de ontem, quando Renan chegava a um jantar na casa do líder do PMDB no Senado, Eunício de Oliveira, no Lago Sul, em Brasília.

PUBLICIDADE

Ontem, por manobra de Cunha, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP) foi destituído da relatoria do processo contra ele, de modo a atrasar ainda mais o andamento do processo. O fundamento jurídico é que o deputado do PRB fez parte do mesmo bloco partidário de Cunha. Por isso, estaria impedido de analisar o processo contra o presidente da Câmara. 

O deputado Marcos Rogério (PDT-RO), novo relator do processo sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou hoje (10) que na próxima terça-feira (15) apresentará formalmente o novo relatório sobre o caso e lembrou que, como já era de conhecimento de todos os parlamentares, será favorável à admissibilidade do processo. 

Meu parecer em razão da discussão da matéria já é conhecido de todos, então apresentarei apenas de maneira formal meu relatório”, disse Marcos Rogério, destacando que, por zelo ao processo, não apresentaria o voto imediatamente.

(Com Agência Brasil)

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir: