Aliados?

“Um não vive sem o outro”, afirma Marina Silva sobre relação entre Lula e Bolsonaro

Ex-ministra afirmou que ainda estão pensando se vai disputar as eleições do ano que vem

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Cotada para disputar a presidência no ano que vem, Marina Silva (Rede) mais uma vez criticou a polarização que os nomes de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro representam, como também afirmou que o ex-presidente e o deputado federal não vivem sem o outro.

“Um se tornou o cabo eleitoral do outro. Um não sobrevive sem o outro. Eu apoio a quebra da polarização, e Lula e Bolsonaro são os dois extremos, de esquerda e direita”, disse a ex-ministra do Meio Ambiente do governo Lula em evento realizado nesta segunda-feira (27) pela revista Veja.

Sobre sua candidatura para o ano que vem, Marina manteve o discurso da última sexta-feira (24), ao afirmar que ainda analisa se vale a pena disputar as eleições, já que os prováveis concorrentes terão mais tempo, dinheiro e estrutura para a campanha: “estou fechando meu ciclo de reflexão. Em breve, colocarei qual será minha forma de atuação em 2018, que será uma das mais importantes”, afirmou. Nas últimas pesquisas de intenção de voto, Marina aparece atrás justamente de Lula e Bolsonaro (veja mais aqui).

PUBLICIDADE