De saída

Um dos cotados para BB, Caffarelli deixa cargo de secretário executivo adjunto da Fazenda

Segundo despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU), a saída do posto ocorre a pedido de Caffarelli e começou a contar a partir do dia 28 de janeiro

A Casa Civil da Presidência da República exonerou Paulo Rogério Caffarelli do cargo de secretário executivo adjunto do Ministério da Fazenda. Segundo despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU), a saída do posto ocorre a pedido de Caffarelli e começou a contar a partir do dia 28 de janeiro.

Caffarelli, que é um dos cotados para comandar o Banco do Brasil (BBAS3) neste segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, estava como adjunto na Fazenda desde o início de janeiro, quando deixou o cargo de secretário executivo da pasta para dar lugar a Tarcísio José Massote de Godoy. Caffarelli é funcionário de carreira do Banco do Brasil.