TSE multa PSDB, acusado de fazer site com propaganda negativa contra Dilma

Tucanos prometem recorrer e argumentam que multa referiu-se a comentários ofensivos de usuários, não à opinião do partido

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Tribunal Superior Eleitoral multou em R$ 10 mil o PSDB, partido do candidato à presidência, José Serra, por fazer propaganda negativa contra Dilma Rousseff, também candidata à disputa eleitoral, só que pelo Partido dos Trabalhadores.

O ministro Henrique Neves aceitou representação do Ministério Público contra a página gentequemente.org.br, no ar há cerca de um ano. O site contém críticas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à Dilma. Segundo o Ministério, o conteúdo do site mostra “notória propaganda eleitoral antecipada negativa em desfavor de Dilma Rousseff e positiva em favor de José Serra”. 

Mesmo com um moderador, o blog do PSDB publicou comentários considerados ofensivos à ex-ministra. Além da retirada de tais opiniões, foi imputada a multa ao partido. Vale lembrar, no entanto, que no dia 18 de maio, o ministro do TSE, Joelson Costa Dias, havia julgado esta mesma representação, feita pelo PT, como irrelevante.

Aprenda a investir na bolsa

Os tucanos planejam recorrer e se defendem: “O argumento é que a multa está sendo imposta por conta de manifestações de internautas. Não é uma manifestação do site” afirma o advgado do PSDB, José Eduardo Alckmin. Ele acrescenta ainda que a opinião livre dos visitantes da página faz parte da democracia na vida pública.