Eleições EUA

Trump ameaçado: Ted Cruz vence prévias e diminui diferença na corrida republicana

O senador texano venceu em dois dos quatro estados que fizeram prévias: Maine e Kansas. E mais, nos locais em que perdeu, se saiu melhor que o esperado

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O fim de semana nos Estados Unidos foi bastante agitado com mais uma série de estados realizando suas prévias eleitorais. Mas desta vez, a avaliação foi muito além dos números conquistados por cada candidato. O resultado de último sábado (5) acirraram ainda mais a disputa republicana, que agora tem Ted Cruz a menos de 100 delegados do magnata Donald Trump.

O senador texano venceu em dois dos quatro estados que fizeram prévias: Maine e Kansas. E mais, nos locais em que perdeu (Louisiana e Kentucky), se saiu melhor que o esperado. Na Lousiana, a disputa foi acirrada, com Cruz ganhando muita força no fim da contagem de votos, surpreendendo os especialistas. Agora, analistas tentam avaliar se os resultados deste fim de semana indicam que a disputa será mais emocionante do que se esperava.

Mas nem tudo é alegria para Cruz, já que o cenário desenhado se aproxima ao de políticos que perderam as prévias republicanas nos últimos anos, caso de Mike Huckabee, em 2008, e Rick Santorum, em 2012, que ganharam prévias apenas no Sul. Além disso, o senador também não mostrou muita força na região, perdendo 8 das 10 disputas até o momento.

Aprenda a investir na bolsa

Apesar da derrota, Trump não pode ser considerado um completo perdedor no sábado, já que os dois estados em que venceu, além de serem os maiores que estavam em disputa, também estão localizados no Sul, região de Ted Cruz. Suas duas vitórias foram atribuídas principalmente ao alto apoio dos evangélicos.

Após as primárias da sábado, Donald Trump lidera a corrida republicana com 384 delegados, contra 300 de Ted Cruz. No terceiro lugar aparece Marc Rubio, com 151 delegados, enquanto John Kasich fica com 37. Para vencer a disputa são necessários 1.237 delegados, sendo que ainda serão disputados 1.585.

Hillary cada vez mais próxima da vitória
Já do lado democrata, apesar de ter vencido em apenas um dos três estados, Hillary Clinton ganhou justamente no maior deles, a Lousiana. A matemática das prévias continua apontando Hillary como a mais provável candidata democrata. Os resultados de sábado não mudaram em nada esse cenário.

Enquanto isso, Bernie Sanders segue acreditando. Ele venceu em dois estados e demonstrou sucesso no caucus (reunião de eleitores), o que foi visto como algo surpreendente. Mesmo depois de muitos darem como certa a escolha de Hillary como candidata democrata, ele continua a ganhar prévias.

Faltando 3.136 delegados em disputa, Hillary lidera com facilidade com 1.130 contra 499 de Sanders. Para se vencer a corrida democrata são necessários 2.383 delegados.