Negado

Tribunal nega por unanimidade último recurso de Lula no caso do triplex do Guarujá

Petista agora terá que recorrer para as Cortes superiores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Por unanimidade, os três desembargadores do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) rejeitaram na tarde desta quarta-feira (18) a apreciação dos novos embargos de declaração da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a condenação a 12 anos e um mês de prisão pelo caso do tríplex do Guarujá (SP).

“Depois de analisar todas as ponderações da defesa, é manifesta a inadmissibilidade dos embargos. Não se pode que a defesa busque rediscussão de aspectos já julgados”, declarou Nivaldo Brunoni em seu voto. Logo após, os desembargadores Victor Laus e Leandro Paulsen acompanharam a decisão do juiz de não reconhecer o recurso dos advogados de Lula.

Agora, esgotados os recursos em segunda instância, caso a defesa do petista decida recorrer da decisão do TRF-4, o processo será analisado pela vice-presidência do próprio Tribunal e posteriormente encaminhado ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

PUBLICIDADE