MERCADOS AO VIVO IPCA-15 sobe 0,78% em janeiro, maior resultado para um mês de janeiro desde 2016, mas levemente abaixo do esperado

IPCA-15 sobe 0,78% em janeiro, maior resultado para um mês de janeiro desde 2016, mas levemente abaixo do esperado

Rejeitado

Tribunal nega pedido de Lula para anular decisão de Moro sobre bloqueios de bens

Foram bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada

SÃO PAULO – O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou nesta terça-feira (25) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que fosse anulada a decisão do juiz federal Sérgio Moro de bloquear os bens do petista.

Foram bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada. A defesa de Lula entrou com mandados de segurança na última quinta-feira (20) para tentar reverter a decisão, dizendo que o bloqueio é “ilegal e abusivo”.

Moro afirmou que o bloqueio de bens serve para garantir “a reparação dos danos decorrentes do crime”. O magistrado condenou Lula a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato envolvendo o triplex no Guarujá.