Irregularidades no MEC

TRF-1 determina a soltura de ex-ministro Milton Ribeiro e outros presos em operação da PF

Magistrado atendeu a pedido da defesa e disse que a prisão preventiva de Ribeiro e de outros investigados não se justificava

Por  Reuters -

BRASÍLIA – O desembargador do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) Ney Bello determinou no início da tarde desta quinta-feira a liberdade do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e de outros presos na véspera em operação da Polícia Federal que investiga suspeitas de corrupção e desvio de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Em sua decisão, o magistrado atendeu a pedido da defesa do ex-ministro e disse que a prisão preventiva de Ribeiro e de outros investigados não se justificava.

“A antecipação da culpa, a punição prévia, a sensação socialmente difusa de justiça, ou a narrativa política não justificam a prisão de quem quer que seja, ainda que crimes graves tenham ocorrido o que deve ser objeto de futura e rápida condenação –se provados–, jamais de prisão preventiva”, disse o desembargador do TRF-1.

Compartilhe