Eleições

Todo mundo quer o Bolsonaro no 2º turno, porque ele perde para qualquer um, diz Alckmin

"A campanha vai começar mesmo dia 31, quando começa o horário do rádio e na televisão. Estamos otimistas para chegar ao segundo turno", disse o tucano

SÃO PAULO – Durante um ato de campanha no Tocantins, o candidato tucano à presidência, Geraldo Alckmin, afirmou que todos querem enfrentar Jair Bolsonaro no segundo turno destas eleições porque ele “perde para qualquer um”. A declaração ocorreu após ele ser questionado sobre se existe um temor na possibilidade de enfrentar o deputado no segundo turno.

“O que todo mundo quer é o Bolsonaro no segundo turno, porque ele perde para qualquer um. Agora vamos trabalhar para chegar ao segundo turno e vamos chegar”, disse Alckmin a jornalistas. “A campanha vai começar mesmo dia 31, quando começa o horário do rádio e na televisão. Estamos otimistas para chegar ao segundo turno”, completou o tucano.

A última pesquisa Datafolha mostrou que, se a eleição fosse hoje, Bolsonaro perderia para os principais candidatos no 2º turno menos para Fernando Haddad, candidato que deve substituir o ex-presidente Lula na corrida eleitoral. Nos últimos levantamentos, em cenários que excluem o ex-presidente, o deputado federal lidera a corrida eleitoral.

PUBLICIDADE

Em Tocantins, Alckmin ainda afirmou que vai trabalhar para chegar ao segundo turno e lembrou da recente eleição no estado, onde quinze dias antes do pleito os números das pesquisas mostravam um cenário bastante diferente do que foi o resultado final.

Mesmo após fechar o acordo com o chamado centrão, conseguindo a maior aliança partidária desta eleição, Alckmin segue longe da liderança nas pesquisas. No último Datafolha, o tucano registrou 6% das intenções em um cenário com Lula e 9% quando não é considerado o ex-presidente.

Quer investir em ações com a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear