Em entrevista

“Temer será liberal na economia e conservador no social”, diz Dilma

Lamento que não haja mulheres e negros no ministério - mulheres têm se mostrado competentes em todas as áreas <div><span style="font-size: 14.6667px"></span></div>

(Bloomberg) — Tudo indica que governo de Michel Temer será liberla na economia e conservador nas políticas sociais, disse presidente afastada, Dilma Rousseff, a jornalistas em Brasília.

  • Leia outras declarações de Dilma na entrevista coletiva:
    • Lamento que não haja mulheres e negros no ministério
      • Mulheres têm se mostrado competentes em todas as áreas
    • O que há em curso hoje no Brasil é um governo provisório, interino e ilegítimo em termos de votos
    • Tudo de que nos acusam é aceito
      • Quando oposição é acusada, tudo é recusado
    • Faremos tudo para voltar e recompor base parlamentar
      • Não vou ter muito tempo para questões pessoais
      • Vou viajar pelo Brasil sempre que me chamarem ou quandp eu considerar adequado
    • No governo FHC, eram necessários 3 partidos para fazer maioria no parlamento, meu governo precisa de 7 partidos
      • Poucos partidos têm uma unidade nacional em que um líder fala por todos
      • Brasil tem fragmentação política, precisa de uma profunda reforma política
      • Sofremos todo tipo de sabotagem na hora de governar
    • Temos que nos defender jurídica e politicamente
  • Até o momento, só arguimos questões formais no STF, disse advogado de Dilma e ex-AGU, Eduardo Cardozo
    • Poderemos discutir justa causa no Supremo e durante defesa no Senado
    • Me reservo o direito de dizer quando vamos recorrer
    • Citam na acusação Arno Augustin, ex-secretário do Tesouro, quando ele nem era mais do governo
    • Lei não diz que é presidente que vai fazer plano safra
    • Nossos argumentos foram driblados
    • Denúncia não diz qual foi o ato ilegal

 

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.

PUBLICIDADE