Política

Temer rebate colunista, diz que está “animadíssimo” e que Câmara irá barrar denúncia

"Essas coisas que acontecem me revitalizam", afirmou o presidente em entrevista no rádio

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Michel Temer rebateu os rumores de que estaria abatido com o atual cenário de denúncias contra ele e ainda reforçou que tem “quase certeza absoluta” de que a Câmara dos Deputados irá barrar o andamento de investigação.

Em entrevista para a rádio Band News FM, Temer afirmou estar “animadíssimo”, em resposta ao que afirmou a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, de que ele estaria abatido. “Essas coisas que acontecem me revitalizam. Li numa coluna que eu estaria abatido, minha família estaria abatida, pensei até será que o nosso cachorro também está abatido? Porque é irreal. Estou cada vez mais animado”, disse.

“Porque, na verdade, estamos indo muito bem. As reformas estão indo adiante, a inflação está caindo”, afirmou o presidente, que também comentou sobre a votação que ocorrerá na Câmara sobre a denúncia oferecida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra ele.

Aprenda a investir na bolsa

“Quando você vê a tal da denúncia, vê logo sua inépcia, é frágil, inconsistente”, afirmou Temer. Ele disse contar com o voto dos indecisos para garantir que a Câmara não autorize abertura de investigação no Supremo Tribunal Federal. “Há cerca de 366 deputados indecisos, que são aqueles que vão dar o seu voto no último momento, porque os que são contra são contra mesmo”, disse. “Tenho certeza quase que absoluta” que o processo será interrompido, completou.