Alongou o prazo

Temer propõe teto para o gasto público por pelo menos 10 anos, diz Folha

Segundo a Folha, Temer queria chegar aos 20 anos pedidos pela Fazenda, mas seria muito difícil aprovar isso no Congresso

SÃO PAULO – O presidente interino Michel Temer, anunciou nesta quarta-feira (15) que proporá ao Congresso que a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) do teto do gasto público vigore por, pelo menos, 10 anos. A medida que limita o aumento do gasto à inflação do anterior não tinha ainda um prazo definido, de modo que as notícias eram de que ela pudesse durar de 3 a 5 anos para políticos do governo ou 20 anos, segundo o Ministério da Fazenda. As informações são da Folha de S. Paulo

Segundo relatos, Temer reforçou que a ideia é chagar a 20 anos como defende o Ministério da Fazenda. O governo reconheceria, contudo, que dificilmente o Congresso irá aprovar um prazo tão longo.