Política

Temer diz ter ‘sensação’ que Congresso continuará apoiando medidas

"Eu tenho a sensação de que o Congresso continuará apoiando essas medidas, que são medidas que reforçam a ideia da estabilidade das instituições", disse

O presidente Michel Temer diz ter “a sensação” de que o Congresso continuará apoiando a agenda de reformas proposta pelo governo federal. Após comemorar os sinais de retomada da economia em uma entrevista convocada pela presidência da República para anunciar dados mensais do mercado de trabalho, Temer exaltou o papel do Congresso e disse que “nós estamos num clima de estabilidade política e social”.

“Eu tenho a sensação de que o Congresso continuará apoiando essas medidas, que são medidas que reforçam a ideia da estabilidade das instituições”, disse, após comentar que a agenda de reformas em execução pelo governo federal já surte efeito ao aumentar o fluxo de investimentos para o Brasil como nos novos aeroportos concedidos à iniciativa privada. “O Congresso tem dado apoio extraordinário ao governo e, portanto, ao País.”

Apesar dessa percepção de estabilidade política e social, Temer demonstrou estar aberto a eventuais mudanças na reforma da Previdência. “É claro que, quando se fala de reforma da Previdência, há observações que serão examinadas pelo governo”, disse, ao terminar discurso no Palácio do Planalto.

PUBLICIDADE