Política

Temer diz que só vê aplausos na relação do governo com o Congresso

"Não é só o Executivo que governa, o Executivo governa junto com o Congresso. É fundamental a presença do Congresso em todas as medidas que o governo está tomando para obter uma economia saudável", disse

arrow_forwardMais sobre

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta terça-feira (10) que o Congresso e o governo federal devem caminhar juntos na condução das medidas de ajuste econômico. Temer reuniu-se com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para discutir a votação do veto presidencial ao reajuste da tabela do Imposto de Renda. Os dois trataram também da relação entre os Poderes Executivo e Legislativo.

— Não é só o Executivo que governa, o Executivo governa junto com o Congresso. É fundamental a presença do Congresso em todas as medidas que o governo está tomando para obter uma economia saudável — garantiu. 

Temer evitou antecipar detalhes sobre a negociação em torno do reajuste do IR, mas reforçou que, qualquer que seja a decisão a ser tomada, envolverá as lideranças parlamentares.

PUBLICIDADE

— A ideia é escalonar [o reajuste]. Não sei se em três ou quatro faixas. Tudo vai depender dos líderes do Senado e da Câmara. Vai ser de comum acordo com o Congresso — assegurou.

A visita de Temer ocorre exatamente uma semana depois de Renan Calheiros devolver ao Planalto a medida provisória que reduzia a desoneração da folha de pagamento, episódio que gerou especulações sobre a relação entre o Executivo e o Legislativo. No entanto, Temer negou estar fazendo o papel de “bombeiro” e disse não crer em “divórcio” entre Executivo e Congresso

— Neste momento eu sou um “visitador” do Renan. Estou fazendo esse inter-relacionamento com muita tranquilidade e só vejo aplausos para a relação entre o Executivo e o Congresso.