Será amanhã

Temer diz que quem votar pró-denúncia destruirá a decisão da CCJ

"CCJ já decidiu que não há autorização, agora é o plenário; quem tem que votar são aqueles que querem destruir aquilo que a CCJ decidiu", afirmou o presidente

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — Após evento em que foram anunciadas novos cursos de medicina, o presidente Michel Temer comentou rapidamente a votação, nesta quarta-feira, pelo plenário da Câmara, da denúncia da PGR contra ele por corrupção passiva. Segundo Temer, a Comissão de Constituição e Justiça já decidiu em julho pelo arquivamento e quem precisa dar quórum e votos é quem quer “destruir aquilo que a CCJ decidiu”.

“CCJ já decidiu que não há autorização, agora é o plenário”
“ Quem tem que votar são aqueles que querem destruir aquilo que a CCJ decidiu”
NOTA: Maia: Votação da denúncia contra Temer será nesta quarta-feira
NOTA: Oposição diz ter 240 votos contra Temer, não garante os 342 necessários

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.

PUBLICIDADE