AO VIVO Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Pós-votação

Temer diz que agora vem a “parte mais difícil”; Lula já articula resistência ao vice

Vice disse ser preciso aguardar o Senado acatar a decisão da Câmara e afirmou a assessores que "o que nos espera é uma grande responsabilidade"

SÃO PAULO – Após a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff ser aprovada na Câmara dos Deputados, os principais atores políticos envolvidos estão articulando as próximas movimentações. 

Ontem, o vice-presidente Michel Temer comemorou a admissibilidade do processo no Palácio do Jaburu com a sua equipe, conforme informa a Folha de S. Paulo. Contudo, ele disse ser preciso aguardar o Senado acatar a decisão da Câmara e afirmou a assessores que “o que nos espera é uma grande responsabilidade”.

De acordo com o jornal, o vice orientou auxiliares a evitar comemorações efusivas e pediu moderação. Ele lembrou a todos que “agora é que vem a parte mais difícil”, referindo-se ao desafio de assumir num período de forte recessão.

PUBLICIDADE

Vale ficar atento ainda às movimentações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, após o fracasso das articulações contra o impeachment da presidente na Câmara, o petista se dedicará a articular a resistência contra um eventual governol Temer. Interlocutores do ex-presidente avaliam que, apesar da derrota, Lula ainda pode se beneficiar com o afastamento de Dilma e chegar a 2018 como candidato de oposição. 

Lula ainda não decidiu se vai disputar a Presidência pela sexta vez, diz o Instituto que leva seu nome. Porém, os sinais são cada vez mais fortes. Rui Falcão, presidente do PT, já disse que Lula se colocou à disposição para viajar o País ainda este mês.

Enquanto isso, o governo sinaliza novas ações na Justiça e reforça batalha por votos
entre senadores. Já a oposição quer acelerar análise, aceitando processo em 15 dias e concluindo julgamento da presidente em um mês, segundo desejo de Temer, diz Globo. A estratégia é não dar tempo de reação ao Planalto.

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa