Presidente interino

Temer demitiu até agora mais de cem funcionários do governo por dia útil

Informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo; o dia de maior sangria foi na sexta-feira

SÃO PAULO – Em meio à polêmica por ter exonerado o diretor-presidente da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) Ricardo Melo, que tinha mandato de quatro anos no cargo, o presidente interino Michel Temer está demitindo mais de cem funcionários por dia útil, informa a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Entre sexta-feira e terça-feira, foram exonerados nada menos 324 servidores, sendo o dia de maior “sangria” na última sexta, quando 170 pessoas foram exoneradas. Boa parte delas de cargos considerados importantes, como os de assessor especial, diretor de departamento, secretário, secretário-executivo e chefe de gabinete. Na segunda-feira foram demitidos 84 e na terça, 70.

O fotógrafo da presidente afastada Dilma Rousseff, Roberto Stuckert Filho, foi exonerado na sexta, assim como secretárias da petista.