Do Zero ao Gain Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

Fugindo do assunto

Temer deixa entrevista irritado após pergunta sobre pacote anticorrupção

O presidente havia acabado de participar de uma videoconferência com representantes do Rio Grande do Sul, Roraima, Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Norte para discutir ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Não se sabia se seria uma entrevista coletiva ou apenas um pronunciamento, o fato é que o presidente Michel Temer deixou um evento na manhã desta sexta-feira (2) bastante irritado ao ser questionado sobre sua opinião em relação ao desfigurado pacote anticorrupção aprovado pela Câmara dos Deputados nesta semana.

O presidente havia acabado de participar de uma videoconferência com os governadores do Rio Grande do Sul e de Roraima e representantes do Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Norte para discutir ações de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Na sequência ele fez um pronunciamento sobre o assunto para a imprensa em um local pronto para uma entrevista. Porém, logo ele foi questionado sobre o pacote anticorrupção. “Estou falando de zika, por favor”, respondeu Temer já se retirando do local.

PUBLICIDADE

Enquanto o peemedebista participava da conferência, 27 ministros, militares das Forças Armadas, agentes de saúde e de defesa civil, além de outras autoridades visitam diversas cidades em todas as regiões para conscientizar a população sobre o mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya.

O governo quer, a partir deste dia de mobilização, que todas as sextas-feiras sejam dedicadas para verificação de possíveis focos. Em seu rápido pronunciamento, Temer convocou a população a se engajar. “Convenhamos, é uma campanha importante e que não tem grandes dificuldades. Basta que cada criança da escola, cada adulto, chegando em casa ou no seu trabalho verifique se não há água empoçada”, afirmou.