Após tragéria

Temer começa a avaliar nomes para o lugar de Teori Zavascki no STF

Alguns nomes já estão sendo cotados, conforme aponta reportagem da Folha

SÃO PAULO – O presidente Michel Temer já começou a avaliar os nomes para substituir o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), que morreu em um acidente aéreo na última quinta-feira (19). 

Temer recebeu em audiências diferentes o ministro Alexandre de Moraes (Justiça) e a ministra Gracie Mendonça (AGU). Segundo a Folha, ambos são cotados para a posição. 

O presidente também discutiu o assunto com a ex-ministra do STF Ellen Gracie. Na saída do encontro, Gracie conversou rapidamente com jornalistas e afirmou que conversou com Temer sobre as circunstâncias do acidente que vitimou o ministro e o que isso significa para o país. 

PUBLICIDADE

Sobre a escolha do novo ministro que substituirá Teori na relatoria do processo da Lava Jato, Ellen disse que a decisão deve ser tomada pelo tribunal. “Eu acredito que a própria instituição vai encontrar a fórmula mais adequada, o regimento interno tem suas normas próprias para substituição. O tribunal encontrará uma solução adequada.” 

Gracie foi a primeira mulher a presidir a mais alta corte do país (de 2006 a 2008), onde atuou por 11 anos. A ex-ministra foi indicada a ocupar o STF em 2000 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso e se aposentou em 2011. 

Em conversas reservadas, Temer manifestou o desejo de indicar um nome de perfil “técnico” e “apartidário”, que não desperte desconfianças de que o Palácio do Planalto poderia querer intervir na Lava Jato. Outro nome cotado, além de Moraes e Gracie Mendonça, é do ex-procurador do Ministério Público de São Paulo Luiz Antonio Marrey.

(Com Agência Brasil)