Atraso

Temer atrasa reunião por Renan, que não chega a tempo dos discursos

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e o sectário do Previdência, Marcelo Caetano, e o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, também estão no encontro

Aprenda a investir na bolsa

Apesar do atraso para esperar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para dar início a reunião de apresentação da Reforma da Previdência a parlamentares da base aliada, o presidente do Senado ainda não havia chegado mesmo depois das falas iniciais do presidente Michel Temer, dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e Casa Civil, Eliseu Padilha, e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. As falas iniciais foram abertas à imprensa, no entanto, o restante da reunião foi fechada.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e o sectário do Previdência, Marcelo Caetano, e o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, também estão no encontro. Segundo lista distribuída pelo Planalto, estão presentes os deputados André Moura (PSC-SE), Alexandre Baldy (PTN-GO), Baleia Rossi (PMDB-SP), Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Aelton Freitas (PR-MG), Rogério Rosso (PSD-DF), Danilo Forte (PSB-CE), Pauderney Avelino (DEM-AM), Márcio Marinho (PRB-BA), Wilson Filho (PTB-PB), Rubens Bueno (PPS-PR), Arthur Maia (PPS-BA), Marco Feliciano (PSC-SP), Ronaldo Fonseca (PROS-DF), Luís Tibé (PTdoB-MG), Alfredo Kaefer (PSL-PR), Givaldo Carimbão (PHS-AL).

Do Senado, participam o líder do governo Aloysio Nunes (PSBD-SP), e os líderes Eunício Oliveira (PMDB-CE), José Agripino (DEM-RN), Paulo Bauer (PSDB-SC), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE); Elmano Ferrer (PTB-PI), Cristovam Buarque (PPS-DF). Embora não conste na lista, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), que relatou a PEC do teto de gastos na Câmara, também está no Palácio do Planalto.

Aprenda a investir na bolsa