Mãos limpas

“Te asseguro que não houve dinheiro de caixa 2 na minha campanha“, esbraveja Dilma

Candidata à reeleição disse ainda que não acredita que a crise que o Brasil enfrentará em 2015 será tão profunda, acrescentando que a posição está exagerando.

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff, do PT, demonstrou desconforto ao ser questionada novamente sobre os possíveis escândalos que assolaram seu governo mesmo sem seu consentimento e negou qualquer irregularidade no financiamento de sua campanha. 

“Te asseguro que não houve dinheiro de caixa 2 na minha campanha“, esbraveja Dilma. “Não existe esse se na minha vida, te asseguro”, completou.

Questionada sobre o impacto do debate sobre os eleitores indecisos, a petista acredita que os quatro debates foram importantes para que o eleitor tome uma decisão mais efetiva.Sobre as possíveis dificuldades que o Brasil deve enfrentar em 2015, Dilma disse não acreditar que o país enfrentará uma crise tão profunda quanto a oposição prevê. 

PUBLICIDADE

“Acho que o Brasil se recuperou no segundo semestre. Concordo se você pontuar que o quadro internacional apresenta algumas fragilidades”, explicou a petista, acrescentando que o Brasil tem tudo para ter nos próximos meses condições melhores do que alguns meses deste ano. 

Sobre o segundo turno, a presidente disse que “espera que o país não queria um retrocesso. Queremos que o país mude para o melhor de todos“. 

Quando indagada sobre as denúncias de corrupção contra o PT, Dilma disse que em todos os partidos tem gente boa e gente ruim. “Doa a quem doer, todos que cometeram irregularidades pagarão. Não concordo com arquivamento ou engavetamento de processo, que era uma prática usual no país”, concluiu a petista, se referindo ao governo do PSDB.