Sobre 2016

TCU abre 2 frentes de investigação contra governo Dilma sobre atos de 2016, diz Folha

TCU vai averiguar se Dilma infringiu LRF em 2016 ao acelerar gasto de dinheiro público

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o TCU (Tribunal de Contas da União) abriu duas novas frentes de investigação contra o governo da presidente afastada Dilma Rousseff. 

O TCU acolheu pedido do Ministério Público de Contas para averiguar se Dilma infringiu a Lei de Responsabilidade Fiscal em 2016 ao acelerar o gasto de dinheiro público com despesas discricionárias.

Além disso, o Tribunal também decidiu autorizar análise das nomeações feitas por Dilma perto de seu afastamento diante de indícios de desvio de finalidade. O caso corre em sigilo, segundo o jornal. O MP de contas diz ser atípico que, uma semana após contingenciamento, o Planalto tenha publicado edição extra do “Diário Oficial” ampliando limites de desembolso a ministérios e a operações de empréstimo.

Aprenda a investir na bolsa