Taro Aso desponta como favorito para ser o novo primeiro ministro japonês

Principal candidato, adepto do modelo econômico do antigo líder, enfrentará pressões acerca de crescimento e juro caso eleito

SÃO PAULO – Um dia após a renúncia do primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, o nome que aparece como principal favorito para substitui-lo é o de Taro Aso, aliado político do antigo líder.

Aso é um fiel seguidor da política econômica vigente. Por isso, analistas não esperam profundas mudanças na condução da economia do país, caso o favorito seja realmente escolhido.

A escolha se dará em uma eleição do partido no próximo dia 23 de setembro.

Problemas internos

Quem quer que seja o substituto, herdará um Japão com dados econômicos questionáveis e repleto de desafios políticos, representados pela ferrenha oposição.

A principal tarefa do futuro líder será reerguer a economia do país após uma contração inesperada de 1,2% no PIB (Produto Interno Bruto) do segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior.

Outro dever será definir a tendência da taxa básica de juro, atualmente fixada em 0,5% ao ano, uma das menores do mundo. Aso já se mostrou favorável a uma elevação somente quando a economia japonesa se estabilizar, enfrentando pressões favoráveis a um aumento imediato.