Acordos

STF homologa delação que cita plano de Dilma e Lula para atrapalhar Lava Jato, diz Época

De acordo com a revista Época, Dilma tentou indicar o advogado Marcelo Navarro para o STJ de forma a proteger executivos da Odebrecht e Andrade Gutierrez

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A revista Época afirmou nesta segunda-feira (18) que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki homologou na última quinta-feira (14) uma delação premiada que mostraria que a presidente Dilma Rousseff e que o ex-presidente Lula teriam tentado interferir no andamento das investigações da Operação Lava Jato. Seria a colaboração do chefe de gabinete do senador Delcídio do Amaral, Diogo Ferreira.

De acordo com a publicação, Ferreira confirmou que na conversa entre a petista e o senador, Dilma revelou a Delcídio a intenção de indicar o advogado Marcelo Navarro para o STJ (Superior Tribunal de Justiça) com o objetivo de atrapalhar a Lava Jato e proteger os executivos da Odebrecht e da Andrade Gutierrez. José Eduardo Cardozo, que na época era ministro da Justiça também é citado.

As falar de Ferreira também apontam que Lula e o filho do pecuarista José Carlos Bumlai, Maurício Bumlai, tentaram impedir a delação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Aprenda a investir na bolsa

Especiais InfoMoney:

Impeachment: o futuro da política e da economia, com Alexandre Schwartsman e Vitor Oliveira

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa