Corrupção

STF autoriza e Lava Jato faz buscas em escritório de advogado ligado a Renan, diz portal

A ação faz parte da Operação Satélites, que tem como alvos pessoas próximas a políticos investigados na Lava Jato

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A PF (Polícia Federal) cumpre na manhã desta sexta-feira (28) mandados de busca e apreensão em um escritório do advogado Bruno Mendes, ligado ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), segundo o portal G1.

Como o peemdebista tem foro privilegiado, a operação precisou ser autorizada pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal).

As ações fazem parte da Operação Satélites, ligada à Lava Jato e deflagrada inicialmente em março, e que leva esse nome por ter como alvos pessoas próximas a políticos investigados por ligações com o desvio de recursos da Petrobras investigado pela força-tarefa de Curitiba.

Aprenda a investir na bolsa