Somadas, denúncias contra Palocci resultam em possíveis dez anos de prisão

Acusações de prevaricação, denúncia caluniosa e violação de sigilo bancário foram formalizadas nesta quarta-feira

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dadas as acusações de prevaricação, denúncia caluniosa e violação de sigilo bancário feitas pela Polícia Federal, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci pode ter de enfrentar uma pena potencial de dez anos de prisão.

Um relatório preliminar entregue à justiça pelo delegado Rodrigo Gomes nesta quarta-feira toma Palocci como o “autor intelectual” do acesso à conta bancária de Francenildo Costa, caseiro de uma mansão que teria sediado encontros políticos escusos.

Outras denúncias

O antigo assessor de imprensa do Ministério da Fazenda, Marcelo Netto, e o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, também foram denunciados pelo delegado, que divulgará seu parecer definitivo em 30 dias.

Aprenda a investir na bolsa

Ainda sob forma de fortes rumores, as denúncias trazidas por Rodrigo Gomes foram responsáveis pela renúncia de Palocci do cargo de ministro da Fazenda, no final de março.