Lava Jato

Sítio usado por Lula em Atibaia teria “antena exclusiva” de celular da Oi, diz jornal

A publicação afirma que os moradores de Atibaia referem-se a ela como "a antena do Lula"; equipamento está a 150 metros da propriedade

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O polêmico sítio em Atibaia (SP) frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares acaba de ganhar mais um assunto para aumentar as investigações que estão sendo feitas. De acordo com o jornal Valor Econômico, a operadora Oi (OIBR4) instalou uma torre a menos de 150 metros da propriedade rural e em situações que não seguem alguns padrões apresentados por outras antenas. A operadora não respondeu aos questionamentos do jornal.

A publicação afirma que os moradores de Atibaia referem-se a ela como “a antena do Lula”. Entre os questionamentos que elevam as dúvidas estaria o fato do equipamento não estar no ponto mais alto da região e não seguir o traçado das rodovias que dão acesso a Atibaia, diferentemente das outras 18 torres que a Oi mantém na cidade. Além disso, as concorrentes Tim (com 18 torres na região) e Vivo (com 27 torres) não instalaram nenhuma antena próxima do sítio.

A torre foi instalada em setembro de 2011, quando a empreiteira Andrade Gutierrez, que é investigada na Operação Lava Jato, fazia parte do bloco controlador da Oi. Na quarta-feira (17), Lula irá prestar depoimento como investigado ao Ministério Público do estado de São Paulo em relação ao caso do tríplex no Guarujá.

Aprenda a investir na bolsa