Mais uma polêmica

Site do Ministério da Saúde aparece com agenda criticando Michel Temer

Agenda do ministro Ricardo Barros listou "reunião com ministros da base aliada do golpe" e "renúncia de Temer"; ministério vai apurar alterações

SÃO PAULO – O site do Ministério da Saúde amanheceu esta terça-feira (27) com críticas ao presidente Michel Temer. Na sessão em que mostra a agenda do ministro Ricardo Barros para esta data, havia compromissos fazendo referências à “renúncia” de Temer e uma reunião de “ministros da base aliada do golpe”. 

O primeiro compromisso do ministro que aparecia era: “19h. Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer”. Em seguida, o compromisso: “18h00. Reunião com ministros e líderes da base aliada do GOLPE”.

As alterações no site foram retiradas do ar às 10h (horário de Brasília). A assessoria de imprensa da pasta informou que se deu início uma apuração para saber se as alterações no site foram ação de hackers.

PUBLICIDADE

Confira a publicação:

Site - saúde