RADAR INFOMONEY Eletrobras (ELET6) desaba com adeus a Ferreira e privatização e BR Distribuidora (BRDT3) dispara

Eletrobras (ELET6) desaba com adeus a Ferreira e privatização e BR Distribuidora (BRDT3) dispara

Mais uma polêmica

Site do Ministério da Saúde aparece com agenda criticando Michel Temer

Agenda do ministro Ricardo Barros listou "reunião com ministros da base aliada do golpe" e "renúncia de Temer"; ministério vai apurar alterações

SÃO PAULO – O site do Ministério da Saúde amanheceu esta terça-feira (27) com críticas ao presidente Michel Temer. Na sessão em que mostra a agenda do ministro Ricardo Barros para esta data, havia compromissos fazendo referências à “renúncia” de Temer e uma reunião de “ministros da base aliada do golpe”. 

O primeiro compromisso do ministro que aparecia era: “19h. Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer”. Em seguida, o compromisso: “18h00. Reunião com ministros e líderes da base aliada do GOLPE”.

As alterações no site foram retiradas do ar às 10h (horário de Brasília). A assessoria de imprensa da pasta informou que se deu início uma apuração para saber se as alterações no site foram ação de hackers.

Confira a publicação:

Site - saúde