Shinzo Abe nomeia Yuriko Koike como ministra da Defesa do Japão

Rápida transmissão de cargo aconteceu para amenizar os impactos que a renúncia do ex-ministro provocaram no governo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, nomeou sua secretária de segurança, Yuriko Koike, como ministra da Defesa do Japão.

A nova ministra declarou que deve criar em seu governo um “sistema defensivo multifuncional e flexível” para lidar com as ameaças que o Japão recebe do terrorismo e dos mísseis e programas nucleares norte-coreanos.

Substituição de cargo

A rápida transmissão de cargo aconteceu para amenizar os impactos que a renúncia do ex-ministro da Defesa provocaram no governo de Abe, a menos de um mês para as eleições.

Aprenda a investir na bolsa

A ministra, que é a primeira mulher a assumir esse cargo, substitui Fumio Kyuma, que renunciou após ter provocado polêmica ao justificar o lançamento das bombas atômicas americanas contra Hiroshima e Nagasaki, durante a Segunda Guerra Mundial.

Kyuma indignou a população ao declarar que as bombas foram “inevitáveis” para impedir uma invasão soviética no país.