Shinzo Abe é internado com doença estomacal

O porta-voz do gabinete de Abe disse que a saúde frágil foi um dos motivos que o levou a renunciar ao cargo nesta quarta-feira

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após ter renunciado ao seu mandato, o premiê do Japão, Shinzo Abe, foi internado com um problema gastrointestinal, causado por estresse, de acordo com o médico do político Norifumi Hibi.

Abe, que já apresentava sintomas da doença há mais de um mês, deve permanecer internado durante três ou quatro dias. O premiê demissionário já perdeu mais de cinco quilos.

Fontes ligadas ao primeiro-ministro afirmaram que a doença estomacal o obrigava a se alimentar de papinhas e soro. Em visita recente à Índia e a países asiáticos, Abe solicitou que lhe fossem servidas apenas comidas fáceis de digerir.

Renúncia

Aprenda a investir na bolsa

O porta-voz do gabinete de Abe disse que a saúde frágil foi um dos motivos que o levaram a renunciar ao cargo, no entanto, não foi divulgada qual é a doença de Abe.

O premiê permanecerá à frente do governo japonês até que seu partido escolha um substituto, em uma votação interna prevista para a próxima quarta-feira (19).