Do Zero ao Gain Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

Serra concorda sobre prévias com Aécio para definir candidato do PSDB em 2010

Todavia, lideranças temem que demora na definição de disputa interna possa favorecer Dilma Roussef na corrida pelo Planalto

SÃO PAULO – O governador de São Paulo, José Serra, concordou com a realização de prévias para a definição do candidato à Presidência da república em 2010 pelo PSDB. Lideranças do partido, no entanto, acreditam que demora na escolha possa favorecer a ministra Dilma Roussef, apontada como favorita do presidente Lula para sucedê-lo.

A decisão vai ao encontro dos desejos do governador de Minas Gerais Aécio Neves, principal concorrente do colega paulista para a vaga que encabeçará a principal chapa de oposição ao atual governo, também composta pelo Democratas e pelo PPS.

Segundo informações do blog do jornalista Josias de Souza, as regras para a disputa tem sido trabalhadas por assessores dos dois governadores e políticos ligados a lideranças do partido oposicionista, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Resolvido

PUBLICIDADE

“Serra está disposto a disputar as prévias. É uma questão resolvida”, afirmou o presidente do PSDB, Senador Sérgio Guerra. A disputa visa conter um possível racha no partido, especialmente por conta do descontentamento de lideranças regionais com a histórica preponderância da cúpula de São Paulo.

Todavia, teme-se que uma demora excessiva na definição de um candidato prejudique o partido nas eleições para a presidência, em 2010, uma vez que a ministra Dilma Roussef teria caminho livre para afirmar-se como candidata apoiada por Lula, sem um político de oposição para dividir as atenções.