Serra acusa Dilma por dossiê, e presidente do PT diz que afirmação é desespero

Declaração de Serra veio após reportagem informar que petistas estariam elaborando um dossiê contra ele e sua filha

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, José Eduardo Dutra, disse nesta quarta-feira (2) que a declaração do pré-candidato do PSDB à presidência, José Serra, acusando Dilma Rousseff de comandar a elaboração de um dossiê contra ele e sua filha, Verônica Serra, reflete o desespero do candidato.

“Infelizmente, o Serra está seguindo a mesma linha do presidente do partido dele (Sérgio Guerra). O único nome que consigo encontrar para isso é desespero”, afirmou Dutra.

Ao participar da virada dos R$ 500 bilhões do “Impostômetro”, que contabiliza os tributos pagos no Brasil desde o início do ano, Serra foi enfático em suas acusações e disse não ter dúvidas de que Dilma estava por trás do dossiê, “assim como a principal responsabilidade do dossiê dos aloprados foi de Aloízio Mercadante. Como a principal responsabilidade do dossiê de 2002 é do Ricardo Berzoini. O PT tem uma tradição nesta matéria”, afirmou o pré-candidato. 

Aprenda a investir na bolsa