Política

Seria irresponsabilidade cogitar volta em 2018, diz Lula sem descartar candidatura

Ex-presidente ainda pediu uma investigação das denúncias feitas sobre a construção de um aeroporto em um terreno do tio de Aécio Neves

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em evento realizado nesta terça-feira (22) na Praia Grande, na Baixada Santista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que “seria irresponsabilidade da parte dele” pensar em sua volta para a presidência nas eleições de 2018. Lula disse que não pode dizer que é candidato para as próximas eleições.

O ex-presidente ainda disse que na vida política não se pode descartar nenhuma possibilidade. “Também eu não tenho como dizer que não sou [candidato], porque na vida política você não pode dizer que desistiu, não é assim que funciona”, afirmou.

Lula ainda falou que espera mudanças na política até as próximas eleições. “Eu trabalho para que em 2018 a gente tenha novas possibilidade, novas candidaturas, novos partidos políticos, uma baita de uma reforma política para a gente poder acabar com a podridão na política brasileira, a gente ter uma grande reforma”, disse.

PUBLICIDADE

Durante o evento, Lula aproveitou também para falar sobre as recentes denúncias feitas da construção de um aeroporto em um terreno que pertenceu ao tio de Aécio Neves. Segundo ele, é preciso que se façam investigações antes de tirar qualquer conclusão. “Eu não sou daqueles que, de forma leviana, condena as pessoas antes de investigação”, afirmou.

“Se tem uma denúncia contra o Aécio, que se investigue corretamente, se apure com a maior seriedade possível. Se tiver procedência, que se tome as medidas cabíveis”, dise Lula, que ainda completou afirmando que caso se descubra que as denúncias são falsas, exista algum tipo de punição.