Negando comentar

Seria deselegância comentar rumor sobre ocupar um cargo que está ocupado, diz Meirelles

Em evento realizado em São Paulo, o ex-presidente do BC desconversou ao falar sobre os rumores de que pode assumir o Ministério da Fazenda e ressaltou: "não vou comentar o que faria se estivesse lá"

SÃO PAULO – Em evento realizado em São Paulo, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles desconversou ao falar sobre os rumores de que pode assumir o Ministério da Fazenda no lugar de Joaquim Levy. 

Meirelleles participou de debate ao lado de outros dois ex-presidentes do BC, Armínio Fraga e Gustavo Franco, e também não quis fazer comentários sobre o que faria se estivesse no ministério. “Seria uma deselegância da minha parte comentar rumores sobre ocupar um cargo que está ocupado, por uma pessoa competente”, disse Meirelles, ressaltando: “não vou comentar o que faria se estivesse lá”.

Por outro lado, ele reiterou a importância de sinalizar o que deve ser feito para garantir o crescimento no longo prazo. 

PUBLICIDADE

Para ele, a prioridade agora é a reversão da trajetória de alta dívida pública, sendo também preciso mudar a trajetória da carga tributária. “É fundamental uma trajetória consistente da dívida pública. A trajetória da dívida tem de ser revertida e estabelecermos como prioridade número um o ajuste fiscal e o equacionamento dessa questão”, afirmou.

Segundo ele, é preciso enfrentar os problemas de curto prazo, mas destacar a necessidade de realizar reformas mais estruturais. “Algumas delas são de difícil equacionamento, inclusive político. Se fosse fácil, teríamos resolvido há muito tempo. Isso acontece com o aumento constante das despesas públicas por um período muito longo”. E prosseguiu: “precisamos confrontar problemas de curto prazo e sinalizar para uma saída de problemas de longo prazo como educação”, afirmou Meirelles. 

O nome de Meirelles ganhou forças nesta semana para assumir a Fazenda e agrada o mercado por unir tanto o perfil técnico quanto o político. Em outro evento nesta semana, realizado pela CNI, ele já havia afirmado que não houve convite concreto para assumir a pasta. 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

Leia também:

PUBLICIDADE

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações