Lava Jato

Senador tucano Anastasia pede fim do inquérito contra ele na Lava Jato

A defesa do senador tucano alega que a decisão do ministro Teori Zavascki, relator do caso, de autorizar uma investigação não tem a necessária "justa causa"

SÃO PAULO – O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) o arquivamento do inquérito aberto contra ele em decorrência da Operação Lava Jato.

A defesa do senador tucano alega que a decisão do ministro Teori Zavascki, relator do caso, de autorizar uma investigação não tem a necessária “justa causa”. 

Os advogados de Anastasia desqualificam o depoimento do ex-policial Jayme Alves de Oliveira Filho, o “Careca”, que entregava dinheiro a diversos políticos. Em declaração feita em 18 de novembro do ano passado, o ex-policial afirmou ter entregue R$ 1 milhão a alguém parecido ao então candidato a governador Anastasia, em 2010, a pedido do doleiro Alberto Youssef. 

PUBLICIDADE

“Há absoluta imprestabilidade, total ineficácia probante e induvidosa precariedade” no depoimento de Careca, afirma a defesa. 

“Não se desconhece a possibilidade de trancamento de inquérito policial, quando a sua instauração e tramitação estiver desacompanhada de elementos mínimos de material informativo, como é exatamente o caso desses autos, seja pela imprestabilidade da fonte de prova, seja porque o próprio emissor da suposta entrega de dinheiro desmente categoricamente seu emissário, ao dizer desconhecer o agravante, em favor do qual jamais determinara a entrega de qualquer valor”, destacou ainda a defesa do senador.