Senador José Sarney afirma que não vai se candidatar à presidência da Casa

O parlamentar, de 78 anos, é um dos nomes mais citados para suceder Renan Calheiros no comando do Senado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O senador José Sarney, um dos nomes mais citados para suceder Renan Calheiros na presidência do Senado, afirmou nesta quinta-feira (5) que não vai se candidatar ao cargo e negou que recebeu apelo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar a vaga.

“O presidente não vai me pedir. Não se pode pedir uma coisa que a pessoa não pode dar”, afirmou o senador, de 78 anos. Sarney disse que não há nenhuma hipótese de ele se lançar na disputa.

O senador ainda reiterou que o PMDB vai conseguir definir um nome de consenso no partido, mas não indicou para quem será o seu voto. “Nós temos tantos outros nomes de consenso, o PMDB vai decidir pelo voto e pela bancada”.

Inscrições abertas

PUBLICIDADE

Os peemedebistas admitem que o nome de Sarney seria capaz de reunir a bancada e evitar disputas que comprometam a unidade do partido no Senado. “Na minha avaliação, ele é o melhor nome”, disse o líder do governo no Senado, Romero Jucá.

O líder do PMDB, Valdir Raupp, afirmou que as inscrições de candidatos no partido para a disputa da presidência da Casa estarão abertas até a próxima terça-feira (11), quando a bancada se reúne para definir o nome que irá comandar o Senado.