Senador do PT nega omissão de terreno em declaração de bens de sua campanha

Em resposta a notícia do jornal Folha de São Paulo, Tião Viana afirma que terreno avaliado em R$ 30 mil foi comprado por sua mulher

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A assessoria do senador do PT Tião Viana emitiu nota à imprensa nesta segunda-feira (24) dando conta que, em sua declaração de bens relativa à campanha de 2006, cumpriu as exigências contidas na lei responsável pelo registro de candidaturas.

“Em relação à matéria publicada na edição desta segunda-feira no jornal Folha de São Paulo, o senador Tião Viana (PT-AC) tem a declarar que cumpriu a Lei 9.504, que diz, em seu artigo 11, que o candidato deve apresentar sua declaração de bens e foi o que ele fez à Justiça Eleitoral. Quanto ao terreno, adquirido à época pelo valor de R$ 30 mil, o senador esclarece que o mesmo foi comprado por sua esposa e encontra-se registrado em cartório, constando de todas as declarações de renda da mesma.”

Supostas irregularidades

A referida matéria do jornal Folha de São Paulo afirma que Viana, que disputou com José Sarney a presidência do Senado em 2008, teria ocultado terreno de sua propriedade situado num luxuoso condomínio residencial de Rio Branco, capital do estado representado pelo senador. Segundo Viana, o terreno foi comprado por sua esposa, Marlúcia Cândida Viana.

Aprenda a investir na bolsa

Ainda de acordo com a matéria, no terreno fora construída uma casa, concluída em maio de 2007, avaliada em R$ 600 mil pela prefeitura local.